Facebook
Twitter
Youtube
Discord
Mixer

Review – Vaporum – 7/10

Reviews Xbox One Xbox One X

DATA DE LANÇAMENTO 10 de Abril de 2019
ESTÚDIO Fatbot Games
EDITORA Merge Games
SINGLE-PLAYER ✅
MULTIPLAYER ONLINE ❌
MULTIPLAYER LOCAL ❌
CO-OP ONLINE ❌
CO-OP LOCAL ❌
DLC ❌
CATEGORIA Ação, Aventura, Estratégia, RPG
PREÇO $24.99 (Não disponível na loja portuguesa)
PLATAFORMA ONDE FOI JOGADO Xbox One
OPTIMIZAÇÕES PARA A XBOX ONE X ❌
SITE OFICIAL

Por Ricardo Gomes
PhantomW0lf2049

Vaporum é um Dungeon-Crawler RPG, com o objectivo de trazer de volta os famosos Turn Based – Grid Based RPG dos anos 90 que reinaram no mundo do PC. Desenvolvido pelo estúdio Fatbot Games, Vaporum conseguiu trazer de volta esse feeling de uma aventura com estratégia e muito mistério envolvendo estas instalações SteamPunk obscuras.

Honestamente, Vaporum não é um jogo nada mau, tendo tudo para ser um bom jogo e um bom sucessor deste grande género do PC, contudo, não se escapa de ter algumas falhas que têm algum impacto negativo neste experiência quase única. Antes de ser lançado na Xbox One, Playstation 4 e Nintendo Switch, Vaporum teve origens na Steam em 2017. Ao início achei tudo bastante estranho pois, mesmo estando a jogar numa consola, sentia-me a jogar Vaporum num computador mas com um comando em vez do típico rato e teclado. Para mim, inicialmente, causou algumas confusões para me habituar ao gameplay de um Grid Based RPG, mas rapidamente se consegue ganhar a manha dos controlos, tanto de movimentação e combate, como a navegação de menus.

Vaporum sempre mostrou desde o início ser um jogo bastante bom e que continha uma história sombria e contada de uma maneira semelhante à forma como Fallout 76 explica toda a história do jogo: através de notas de voz e de notas escritas. Não que isso seja algo de mau, pois assim se poupa recursos em não fazer cutscenes, o que pode ser usado mais tarde para melhorar algo que esteja mal feito no jogo.

A história de Vaporum fala-nos muito pouco desde o início. Apenas sabemos que um homem deu à costa numa formação rochosa e que sofria de amnésia. Diante dele está uma torre enorme que não aparenta ter fim. Sem saber para onde ir e o que fazer, este homem entra dentro dessa mesma torre, mal sabendo ele os horrores que lhe esperam dentro desta fortaleza. Não existem bestas do tipo DOOM, mas apenas experiências que vagueiam os corredores desta torre que aparenta estar bastante deserta de vida “humana normal”. Tudo o que se mexe neste mundo para além do jogador, são experiências que tiveram resultado da mesma substância estranha e oculta, chamada de fumium. Tal como todos os jogos em que usa uma substância estranha para criar coisas novas, tudo isto acaba horrivelmente mal. E agora cabe ao jogador descobrir toda a verdade sobre esta torre e esta substância através de puzzles e de algumas lutas Old School style.

Em termos de gameplay, o jogo pode ficar um bocado confuso para os jogadores mais novos e pouco experientes em Grid Based RPG, pois se forem como eu, resolver puzzles e lutar contra aranhas mecanizadas não é uma tarefa fácil quando temos de tomar em conta que a nossa movimentação é bastante limitada. Não que isso seja mau, muito pelo contrário pois é isso mesmo a essência de um Grid Based RPG: saber o que fazer, quando fazer e como fazer.

Infelizmente, tenho de admitir que o Vaporum não é o meu tipo de jogo, por mais coisas boas que ele traga para me oferecer, este estilo de jogo e tema de jogo nunca foram os meus favoritos, mas mesmo assim Vaporum conseguiu pegar nas duas coisas que eu menos gosto em jogos e fez com que uma chamazinha de interesse se acendesse em mim. É verdade que no início do jogo somos primeiro um bocado atirados de cabeça para dentro e, pessoalmente, não sou grande fã disso e por isso mesmo levei uns bons 10 minutos para sair da sala inicial onde tinha só de pressionar dois botões. Contudo, Vaporum é um jogo bastante divertido e chamativo aos fãs de Dungeon Crawlers.

RESUMO

Prós
• Um jogo bem idealizado.
• Jogo contém um bom ambiente e uma boa atmosfera sombria

Contras
• Um jogo que nos atira de cabeça primeiro para o jogo sem muita explicação de como se fazer algo

Pontuação final: 7/10

Um jogo com uma boa intenção e boa realização mas que podia ter sido perfeito se limassem algumas arestas.

A equipa do Xbox PT Dummies agradece à Merge Games pelo envio do código do jogo para a realização desta review.

Não há votações ainda.

Vota neste artigo

Deixa uma resposta

O teu endereço de e-mail não será publicado.

Tu podes usar estes HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>