Facebook
Twitter
Youtube
Discord
Mixer

Review – UnExplored – Unlocked Edition – 8/10

Indie Reviews Xbox One Xbox One X

DATA DE LANÇAMENTO 22 de Fevereiro de 2019 
ESTÚDIO
 Nephilim Games Studios/Ludomotion
EDITORA Digerati
SINGLE-PLAYER ✅
MULTIPLAYER ❌

CO-OP ONLINE ❌
CO-OP LOCAL 

DLC ❌
CATEGORIA Ação, Aventura, Indie, Roguelike, RPG
PREÇO 14,99€
PLATAFORMA ONDE FOI JOGADO Xbox One
OPTIMIZAÇÕES PARA A XBOX ONE X  

Por RickyW0lfMC
Ricardo Gomes

UnExplored, um action RPG que faz lembrar as dugeons dos primeiros jogos da série The Legend of Zelda. Simplesmente fantásticos, e UnExplored é quase igualmente bom e fascinante quanto à serie da Nintendo. Criado por Nephilim Games Studios, UnExplored, têm uma maneira interessante de nos introduzir ao jogo, com um tutorial em que os jogadores podem literalmente ficar presos e sem maneira de reverter esse erro. Ao início achei que era um erro que escapou aos devs… mas após algum tempo de jogo comecei a achar que foi feito de propósito, para nos avisar dos perigos do jogo e como é bastante fácil cometer um erro que pode por um ponto final na nossa jornada. Mas, o que me deixou bastante feliz e impressionado foi o facto de todas as dungeons serem geradas aleatoriamente de cada vez que o jogador começa um novo jogo, ou seja, o jogador nunca irá encontrar a mesma dungeon duas vezes.

UnExplored é um jogo bastante divertido e que irá puxar bastante pelas skills de puzzle solving e de combate de um jogador, é como se alguém juntasse o combate de Dark Souls e os puzzles de Zelda num só jogo em que de todas as vezes que se inicia o jogo, o jogador terá de se deparar com um novo desafio e completamente diferente todas as vezes. Porque é que este jogo herdou o sistema de combate do Dark Souls? (Atenção não herdou mesmo)

Bem.. para mim foi bastante complicado conseguir matar certos inimigos e o jogo mostrou que é preciso de ter muita experiência e habituação aos controlos de combate para conseguir enfrentar inimigos em maiores números, logo até o jogador dominar esse sistema de combate o jogador terá de os separar. Eu senti que a única coisa que faltava no jogo em si era uma história mais concreta (o jogo tem uma história, mas eu próprio mal consegui entender a mesma). Mas tirando isso, o jogo em si está bastante bom, bastante desafiante, a câmara  está absolutamente soberba e traz muita nostalgia das dungeons do The Legend of Zelda.

O jogo dispõe de 7 classes diferentes, em que começamos com armas diferentes e alguns itens únicos dessa classe mesmo. Os gráficos do jogo também estão bastantes bons igualmente como os sons e a música.

UnExplored é um jogo bastante único, divertido e muito, muito desafiante. Eu diverti-me imenso ao tentar passar uma dungeon e cai inúmeras vezes em várias armadilhas criadas, ou por um longo caminho de água que não leva a lado nenhum, ou uma sala fechada com vários inimigos. UnExplored pode ser bastante divertido com este factor mistério que o jogo tem atrás de cada caminho e cada porta, pois nunca se sabe o que poderá estar atrás dela.

RESUMO

Prós
• Estilo de jogo excelente e cativante.
• Sistemas de combate e design de mapas fantástico.

Contras
• Pouca profundidade na história do jogo.

Pontuação final: 8/10

Um jogo excelente e bastante desafiante, um roguelike excelente!

A equipa do Xbox PT Dummies agradece à Digerati pelo envio do código do jogo para a realização desta review.

Não há votações ainda.

Vota neste artigo

Deixa uma resposta

O teu endereço de e-mail não será publicado.

Tu podes usar estes HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>