Facebook
Twitter
Youtube
Discord
Mixer

Review – They Are Billions – 7/10

Reviews Xbox One

DATA DE LANÇAMENTO 5 de Julho de 2019
ESTÚDIO Numantian Games
EDITORA Blitworks
SINGLE-PLAYER ✅
MULTIPLAYER ONLINE ❌
MULTIPLAYER LOCAL ❌
CO-OP ONLINE ❌
CO-OP LOCAL ❌
DLC ❌
CATEGORIA Acção, Estratégia, RTS, Sobrevivência
PREÇO 24,99€
PLATAFORMA ONDE FOI JOGADO Xbox One
OPTIMIZAÇÕES PARA A XBOX ONE X ❌
SITE OFICIAL

Por Ricardo Gomes
PhantomW0lf2049

They are Billions é um jogo de sobrevivência e estratégia em tempo real, que se situa num mundo pós apocalíptico com um tema steampunk, onde todos os humanos são agora zombies e o nosso objetivo é criar uma colónia capaz de sobreviver e de se sustentar neste mundo de uma ameaça de biliões.

Após 1 ano e meio do seu lançamento na Steam, They are Billions chega finalmente à Xbox One, mas não parece ser o mesmo jogo. Com a falta da Campanha, os desafios da semana estão a fazer com que o jogo deixe de funcionar a vários jogadores e traz um tutorial pouco apelador. Esta versão de consolas desapontou-me um bocado devido às suas falhas, mas o gameplay apelativo e desafiante consegue compensar estas pequenas/grandes falhas que podem vir a ser corrigidas no futuro.

Tal como já foi referido, esta versão tem em falta a campanha que está presente na versão do PC e, infelizmente, traz também um tutorial fraquinho. Mas pondo isso tudo de parte, e se nos focarmos no ponto principal do jogo, temos aqui um jogo de sobrevivência e de estratégia em tempo real bastante difícil. Até mesmo na dificuldade mais fácil, o jogo vai-nos por à prova. Na criação do nosso pequeno inferno, podemos escolher entre três temas de mapa (pois os mapas são criados aleatoriamente), um número de dias máximos para sobrevivermos, bem como uma estimativa de infectados que podem aparecer no jogo.

Após estas definições estarem todas seleccionadas o jogo atira-nos para a boca do lobo sem explicação alguma do que devemos de fazer, o que nos obriga a aprender com os nossos vários erros. Apenas começamos com o edifício principal da nossa colónia e algumas tropas para nos defendermos das hordas. Para sobreviver, teremos de construir vários edifícios que irão produzir os recursos essenciais: Água, Comida, Madeira, Pedra, Energia e Trabalhadores. Cada um destes recursos são essenciais para a construção de novos edifícios, como por exemplo o Workshop de Madeira, que tem como objectivo realizar pesquisas de novos edifícios ou da melhoria dos que já existem. Espalhados pelo mapa existem também uma espécie de edifícios do passado ou dos eventos antes do Apocalipse, que podem conter certos e determinados boosts de recursos.

Infelizmente não existe muito para falar dos inimigos, a não ser que alguns deles são mais rápidos que outros e que por vezes podem aparecer em grandes grupos aleatoriamente e já para não falar do zombie gigante que felizmente nunca cheguei a defrontar (apenas nunca consegui sobreviver assim tanto tempo para conseguir defrontá-lo).

Os zombies possuem também a habilidade de desactivar e infectar os edifícios que danificarem suficientemente e, consequentemente, infectar todos os trabalhadores desse edifício tornando-os em zombies. Em certas ocasiões, como por exemplo mais no início do jogo, o jogador pode perder quase imediatamente, pois assim que os únicos soldados morrem, este pode ficar sem linhas de defesas e, portanto, sem base principal.

Infelizmente, de modo geral o jogo em comparação com a versão da Steam, está um pouco desatualizado e espero que num futuro próximo possamos ver a campanha a ser introduzida nesta versão também. Mas de resto, em termos de gameplay e grafismo, é um jogo bastante bem estruturado e bem desenhado que certamente irá roubar imensas horas aos grandes fãs deste género.

RESUMO

Prós
• Um jogo bem estruturado e desafiante tanto a veteranos como novatos.
• Sistema de progressão bem desenhado e simples de entender.

Contras
• Versão do jogo um bocado desactualizada em relação à versão da Steam.
• Tutorial pouco desenvolvido.

Pontuação final: 7/10

Um jogo de estratégia em tempo real bem desenvolvido com uma boa estrutura e sistema de progressão desafiante.

A equipa do Xbox PT Dummies agradece à Blitworks e Evolve PR pelo envio do código do jogo para a realização desta review.

Não há votações ainda.

Vota neste artigo

Deixa uma resposta

O teu endereço de e-mail não será publicado.

Tu podes usar estes HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>