Review – Children of Morta – 8/10

Tiago Ruão

DATA DE LANÇAMENTO 15 de Outubro de 2019
ESTÚDIO
Dead Mage
EDITORA 11 bit studios
SINGLE-PLAYER  ✅
MULTIPLAYER ONLINE 
MULTIPLAYER LOCAL 
CO-OP ONLINE 
CO-OP LOCAL

CATEGORIA Acção, Aventura, RPG
PREÇO 21,99€
PLATAFORMA ONDE FOI JOGADO Xbox One X
OPTIMIZAÇÕES PARA A XBOX ONE X
SITE OFICIAL

por Tiago Ruão
IOverdoneCrownI

Poderão ver o nosso gameplay do jogo AQUI.

Children of Morta é um jogo de RPG cheio de acção e aventura, com uma abordagem tipo roguelike. Neste título há uma particularidade interessante: não jogas só com uma personagem e sim com uma família inteira! Terás de combater as Trevas que a pouco e pouco consumem o mundo que te rodeia. A família Bergson é uma extraordinária equipa de heróis e com eles terás a hipótese de voltar a restaurar a paz no mundo. Como todos nós sabemos, todas as famílias têm as suas qualidades e defeitos, e poderás ver isso tudo no desenrolar do jogo. Mas é inegável a sua união e poderás ver a preocupação e o amor que sentem uns pelos outros.

Assim que vais evoluindo, irás desbloquear poderes novos e esses poderes são diferentes para cada membro da família. O jogo centra-se muito em masmorras que são geradas de forma aleatória, e a jogabilidade faz-nos lembrar muito o estilo de Diablo. O estilo gráfico do jogo é uma mistura de pixelart que lembra os jogos antigos, com técnicas de iluminação actual, o que faz com que o mundo do jogo seja fantástico a nível visual. Portanto, resumidamente, digamos que Children of Morta é uma espécie de Diablo em pixelart.

À medida que vais jogando, verás que a morte nunca é um final, pois na verdade não morres, és tele-portado/a para casa de novo. Felizmente, a progressão no jogo não se baseia só em acabares as masmorras e derrotares o boss. Tens de fazer umas missões e irás progredir e desbloquear outros membros da família, até porque não poderás jogar sempre com o mesmo herói, pois esse esgota-se e terá de descansar para o voltares a usar.

Em casa da família Bergson, poderás ver toda a actividade deles, e ver o que se passa, desde as suas dúvidas até mesmo as conversas na mesa de jantar com a família reunida, dando uma dinâmica engraçada ao jogo.

É na casa que a tua avó te ajudará com a sua sabedoria e onde poderás contar com os livros de Rea, umas das formas disponíveis que tens para melhorar algumas características do mundo. Poderás melhorar o aumento de drop dos inimigos, a eficiência dos efeitos dos Obelisk (uns objectos assinalados nas masmorras que te ajudam a dar mais dano), a experiência que recebes em luta, o aumento de ums slot para Divine Relic (uns equipamentos para te ajudar em combate), o aumento da probabilidade de apanhares Gemstones (que são umas pedras para abrires Chests nas masmorras ou comprares equipamento antes de enfrentares um boss) e o aumento dos vários Slots de Runas e a sua durabilidade. As Runas são pedras que os inimigos podem deixar cair e que dão poderes adicionais às tuas Skills. Para poderes desbloquear isso tudo, tens de achar os livros espalhados pelas Masmorras e usares o dinheiro que os inimigos largam no chão ao morrer.

Em casa terás também o teu avô na Workshop, onde te ajuda a aumentar o poder de armadura, o dano do teu ataque, a oportunidade de dares dano crítico, descer os efeitos de movimentação que te deixam mais lento/a, o aumento da tua raiva enquanto derrotas inimigos para desbloqueares o teu super mais rápido, maior probabilidade de te desviares de ataques, e o aumento da tua rapidez. Para fazeres isso tudo, terás de fazer as missões que ele te pede e gastares o dinheiro deixado pelos inimigos.

À medida que fazes algum grind e sobes de nível, recebes um ponto para apostar nas tuas skills. Terás que gastar entre um a três desses pontos e só quando o fazes é que realmente sobes de nível.

O jogo não é propriamente fácil, pois terás que fazer algum grind e “bater no ceguinho” até teres poder suficiente para conseguires passar os bosses, mas cada personagem tem as suas vantagens. O truque é jogar com as personagens certas nos bosses certos. Se não quiseres passar por tudo isso sozinho/a, podes convidar um/a amigo/a para ir à tua casa e jogar contigo em co-op. Infelizmente só é ainda co-op local, mas, felizmente, o co-op online irá sair no futuro!

A história do jogo está muito boa e é vivida de forma diferente da maioria dos jogos, com o foco na família Bergson, as suas relações, progressão individual e conjunta e a união e sua preocupação com os seus entes queridos. A jogabilidade está simplesmente brutal e viciante, os visuais são interessantes e cativantes, e o som acompanha muito bem esta jornada.

RESUMO

Prós
• Uma história boa que não só mostra a narrativa do jogo, mas sim também a importância de uma família unida.
• Jogabilidade e o som.
• Uma grande variedade de inimigos.
• As masmorras são sempre diferentes e aleatórias.

Contras
• Co-op ainda só local.
• Não podermos mudar ar armas ou armaduras.

Pontuação final: 8/10

A equipa do Xbox PT Dummies agradece à Evolve PR, ID@Xbox e 11 bit studios pelo envio do código do jogo para a realização desta review.

5/5 (2)

Vota neste artigo

Deixe uma resposta

Next Post

Review – Stranded Sails - Explorers of the Cursed Islands – 5/10

DATA DE LANÇAMENTO 17 de Outubro de 2019 ESTÚDIO Lemonbomb Entertainment EDITORA Merge Games SINGLE-PLAYER  ✅ MULTIPLAYER ONLINE ❌ MULTIPLAYER LOCAL ❌ CO-OP ONLINE ❌ CO-OP LOCAL ❌ CATEGORIA Acção, Aventura, Mundo-Aberto, RPG, Simulação PREÇO 24,99€ PLATAFORMA ONDE FOI JOGADO Xbox One X OPTIMIZAÇÕES PARA A XBOX ONE X ❌ SITE OFICIAL por Bruno Fernandes […]