Fãs de Xbox em Portugal: ACORDEM!

Catarina Ferreira

Hoje vou ser um pouco dura e talvez seja difícil para alguns lerem, mas estou numa fase em que o cansaço e a falta de paciência começam a acumular-se, e tenho feito um esforço tremendo até agora. Esforço esse que por vezes a comunidade parece não perceber.

Chega um ponto que, sinceramente, não entendo se vocês acham que os Xbox PT Dummies é uma brincadeira. Se calhar acham que somos apenas mais um site português que ganha alguma fama e depois um dia deixam de ouvir falar de nós. Certamente há aí alguns exemplos de sites e comunidades portuguesas centradas na Xbox que quiseram crescer mas acabaram por desistir.

Mas há um factor neste projecto e nesta equipa que vocês parecem desvalorizar. Há algo que vocês desconhecem. Aliás, há muito que vocês desconhecem.

Talvez a maioria só vai finalmente acreditar quando algo for feito. Quando houver uma equipa coesa na Xbox Portugal. Quando houver mais investimento. Quando chegar um FanFest às terras lusas. Mas esquecem-se que até lá, é preciso esforço e muita luta.

Ora, a equipa dos Dummies disponibilizou-se e comprometeu-se a lutar por vocês. Por todos nós. A lutar pelo reconhecimento, por um investimento mais sério neste pequeno canto da Europa. As nossas palavras e acções não são um teste. Não são uma brincadeira, não são para encher chouriços.

Nós estamos a mexer-nos. Estamos a chamar a atenção à Xbox para o nosso país. E estamos a fazer mais do que mandar dicas ao Aaron Greenberg ou Chris Munson no Twitter, sabiam? Na verdade, já desde Junho, estamos em conversações com elementos da equipa da Xbox dos EUA e Europa para ver de que forma podemos melhorar a nossa situação. Acima de tudo, estas pessoas estão genuinamente interessadas e dedicadas a ouvir-nos e ver de que forma nos podem ajudar. Obviamente, são coisas que levam tempo, mas temos insistido estes meses todos para não sermos esquecidos. E todos eles parecem dar valor à paixão que esta equipa tem pela consola e comunidade. Algo que, ironicamente, a comunidade pela qual lutamos, parece não notar.

Ultimamente tenho-me sentido desiludida com a maioria de vocês. Sim, tem havido um crescimento. Mais pessoas falam, novos membros chegam todas as semanas, pessoas que tentam dar-nos conselhos ou sugestões. E parece-me que vocês ainda não perceberam o quão longe chegámos. Além de todos os números nas redes sociais, temos cada vez mais contactos com grandes estúdios e editoras e o tipo de jogos que analisamos têm um nível cada vez maior. Temos parceria com a Xbox Portugal e ainda estamos no Affiliate Program com a Microsoft e o CDKeys. O Aaron Greenberg, director de marketing da Xbox nos EUA segue-nos no Twitter e demonstra desejo por nos conhecer a todos. Ainda para mais, temos contactos de pessoal da Microsoft/Xbox. Contactos esses que muitos nem nunca sonharam ter. E estamos em conversações neste momento para pedir melhores apoios no nosso país!

Já dissemos umas quantas vezes que estamos a fazer muito mais do que vos passa pela cabeça, mas isso parece não entrar nesse crânio. Fartamos-nos de escrever notícias, de analisar jogos, de responder às vossas questões, de vos informar, de trazer-vos conteúdo novo, de criar actividades e eventos para vocês participarem, de sortear jogos, merchandise e subscrições. E vocês, em vez de serem mais gratos e pensarem “não, eles esforçam-se, temos que os apoiar”, parece que a maioria só sabe queixar-se cada vez mais. E chega a um ponto que me torno mais bruta, amarga e fria com toda a gente. Sabem porquê?

Uma pessoa vai à E3, gasta 1.500€ em viagem, estadia e alimentação. Fui porque GANHEI um bilhete. EU GANHEI! Passei o tempo todo a pensar mais em vocês do que em mim. Mal toquei em algum jogo. Mal consegui estar com algumas das pessoas. Só pensava em tirar fotos, documentar, e cada vez que falava com alguém falava nos fãs em Portugal. Trouxe lembranças, uma mochila cheia de coisas porreiras que, mais uma vez EU GANHEI. Já fiquei sem alguns pins, inclusive do Gears, fiquei sem um cantil do PUBG, sorteei o meu código de 2 anos de Xbox Game Pass. Ainda quis sortear de boa vontade um disco de 2TB que podia perfeitamente ter mantido para mim. Pedi 100 espectadores no Mixer. Alguns tentaram, outros reclamaram a dizer que era muito.

Criei o passatempo que está a decorrer e prometi sortear o disco se houvesse 250 participações. Há 10 dias que começou. Quase ninguém participou ainda. É de uma dificuldade tremenda publicar uma foto qualquer, uma frase ou duas sobre o porquê de gostarem da Xbox, ou de qualquer momento, ou de qualquer conquista, usar uma ou duas hashtags. É um pedido do outro mundo, que envolve que movam montanhas, que envolve que passem horas a trabalhar, que envolve certamente magias e invocações de espíritos. É que só pode! E já há quem reclame a dizer que 250 é muito!
Ora, o disco é MEU, custa mais de 100€, é edição especial do Sea of Thieves e fui EU que ganhei. Se eu quisesse 500 pessoas era pouco, dado que há centenas de fãs da Xbox no país.

Uma pessoa pergunta-vos se gostariam de ter um FanFest cá. E o que respondem? “Depende de onde for.” Basicamente, a maioria quer é não ter que se dar ao trabalho de mexer, levantar da cadeira porque se for à porta de vossa casa já é muito. Eu atravessei um oceano e um país inteiro como os EUA para lá ir. Mas os portugueses queixam-se de ter que ir de comboio ou autocarro ou avião ou carro ou a pé para se deslocar a um evento feito para eles.

Se algum dia os Dummies conseguirem trazer um evento destes para cá, que figurinha faremos se o pessoal andar a reclamar que é em Lisboa ou no Porto ou em Faro ou nos Açores ou na casa da vizinha e não na vossa? Seria lindo, haver 400 bilhetes e comparecerem 100 pessoas.

Farto-me de dizer que a comunidade em Portugal queixa-se da falta de apoios e de investimento. Farto-me de lhes tentar mostrar que VOCÊS QUEREM! E quando peço que se esforcem e gastem 5 min da vossa vida para participarem num passatempo que é público e chamaria a atenção de toda a comunidade Xbox no mundo, vocês não se mexem. E ainda têm a lata de se queixarem.

Ou vocês ainda não perceberam que isto é A SÉRIO e que ESTAMOS a fazer ALGUMA COISA MESMO, e que ESTAMOS A SER OUVIDOS e que estamos a MARCAR A DIFERENÇA, ou andam todos a gozar com as nossas caras e todo o esforço feito até agora. Principalmente com a minha, que faço isto a tempo inteiro e estou sempre a lutar para que a comunidade tenha o reconhecimento e apoio que merece. Mas, ultimamente, começo a pensar que talvez não mereçam!

Neste momento, não merecem giveaways nem sorteios, não merecem ser informados, não merecem que respondamos às vossas dúvidas, não merecem atenção, não merecem nada! Alguns apenas acordam para a vida quando há prémios ao barulho e já estão é a ficar mal-habituados. Mais alguém vos sorteia alguma coisa? Mais alguém tem parceria coesa e séria com a Xbox Portugal? Mais alguém tem estúdios como a THQ Nordic, Activision, Electronic Arts, BANDAI Namco e muitos mais? Mais alguém tem contactos com a própria Microsoft? Há mais alguém que esteja sempre ao dispor para responder às vossas dúvidas e esclarecer quaisquer confusões? Mais alguém se dispõe a ajudar qualquer pessoa, independentemente de onde vêm, que órgão sexual possuem, que roupa usam, que cor de pele têm, ou do que gostam?

Da vossa parte, tem havido muito pouco reconhecimento e ajuda nem se fala. Portanto se a equipa está desligada de vocês e se eu me passo com qualquer comentário a queixar-se de alguma coisa, sinceramente não lamento nem peço desculpa. Não tenho férias desde Junho 2017. Estou a ficar cansada e até doente de estar sempre a trabalhar. A única coisa que lamento é ter que chegar ao ponto de escrever uma chamada de atenção, como um último recurso a ver se a comunidade acorda para a vida.

Porque podem ter a certeza, fãs de Xbox, comunidade, Dummies… Que se um dia eu largo isto, os Xbox PT Dummies acabam. E se os Xbox PT Dummies acabam, acaba-se a vossa oportunidade de ter a Xbox em Portugal de volta. Acaba-se a oportunidade de terem o investimento que tanto reclamam e pedem. Para reclamarem estão sempre prontos, para mexerem-se e fazerem pequenos favores, nem ver. Para perderem 5 min a fazer uma porcaria de uma publicação, até se ouve grilos. Para clicarem nos links e lerem as notícias que vos interessam, se calhar nem tanto. Para visitarem os nossos Livestreams até deve ser feriado nacional.

Quanto àqueles que de facto se mexem e fazem alguma coisa, a vossa dedicação e amor pela Xbox, pela comunidade e a vossa vontade de ter o investimento de volta ao país é notória. Sabemos bem quem são. E um grande obrigada a essas pequenas pérolas que nos animam.

Duvidam de vocês? Duvidam do poder da comunidade? O Brasil não tinha Xbox Brasil. O México não era nada de especial. Foram as comunidades que exigiram mais da Xbox. E hoje são dos países com algumas das comunidades mais valorizadas.

Se meia dúzia de pessoas no Xbox PT Dummies já alcançaram tudo isto, com muito esforço e também muita sorte estúpida, o que faria se 50 se juntassem? E mais 100? 200? 300? 500? 1000?

MEXAM-SE! ACORDEM! Aproveitem esta oportunidade de ouro! Apoiem-nos, participem no que puderem! Deixem-se de desculpas! Párem de reclamar que está a chover, porra! Mas vocês afinal gostam da Xbox, da comunidade e querem mais destaque no país ou era tudo treta???

Se continuarem na mesma, provavelmente não desistimos. Mas a nossa atitude irá mudar e muito. Deixará de haver prendinhas e sorrisinhos. Quem realmente quer ver mais apoio, sabe apoiar quem luta sem esperar nada em troca.

Somos uma equipa de VOLUNTÁRIOS. E já muito fazemos.

Portanto, desculpem se estou tensa, mas já começa a ser demais.

Todos nós nos Dummies merecemos mais que isto.

Se algum dia nos fartarmos, seguimos a vida e seremos felizes. Agora se vocês querem perder esta oportunidade incrível…

…é convosco!

Não há votações ainda.

Vota neste artigo

Deixe uma resposta

Next Post

Pro Fishing Simulator chegou hoje à Microsoft Store

Depois de dois anos de desenvolvimento, Pro Fishing Simulator teve hoje o seu lançamento para Xbox One, PC e PS4. Pro Fishing Simulator traz ao jogador a simulação autêntica de pesca desportiva. O simulador conta com mais de 9 áreas de pesca baseadas em lugares reais do mundo, 79 tipos […]