EA Play Live já tem data marcada

Catarina Ferreira

Embora de forma diferente, as datas de Junho começam a surgir e a provocar o entusiasmo habitual. 

A Electronic Arts foi a primeira das habituais empresas a revelar a sua conferência da época da E3, sendo agora totalmente digital devido à pandemia COVID-19 que obrigou o cancelamento dos grandes eventos do Verão. A EA Play Live faz parte do Summer Game Fest, e chega desta vez aos nossos ecrãs às 00h00 de 12 de Junho (16h00 locais do dia 11 de Junho).

Para já podemos apenas começar as nossas apostas com os títulos que podemos quase confirmar antecipadamente ou aqueles que desejamos ver no evento. Além da promessa de anúncios novos, notícias e mais, a EA não revelou mais nada. Entre os projectos habituais como FIFA, Madden, NHL ou NBA, podemos ter a esperança de ver algo do Dragon Age: The Dread Wolf Rises, um título Mass Effect ou Dead Space ou até Battlefield e, entre os indies da EA Originals, quem sabe o que nos espera desta vez? Dos estúdios independentes tivemos há pouco tempo a promessa de Lost in Random da Zoink (Fe), RustHeart da Glowmade e o jogo por anunciar da Hazelight (A Way Out).

Poderemos ter também um vislumbre de jogos já anunciados para outras plataformas, como é o caso de Medal of Honor: Above and Beyond da Respawn para Oculus Rift e até uma menção a Command & Conquer Remastered Collection Standard Edition, que sai alguns dias antes, a 5 de Junho, para PC.

Apex Legends continua a dar que falar e jogar, e os últimos lançamentos incluíram Need for Speed Heat, Plants vs. Zombies: Battle for Neighborville, Anthem, Star Wars Jedi: Fallen Order e o indie Sea of Solitude, todos relativamente bem recebidos pela indústria (excepto a continua polémica de Anthem).

 

O que esperam ver? Que comecem os jogos…

Não se esqueçam que o calendário do Summer Game Fest será revelado amanhã, terça-feira!

Não há votações ainda.

Vota neste artigo

Deixe uma resposta

Next Post

Xbox 20/20 mostrará o futuro da Xbox numa série de eventos

"Temos tanto para mostrar/revelar este ano, não cabe num evento." – Aaron Greenberg.