Diário “Os Dummies voltam à E3! (ok…, só à conferência)” – O último dia

Catarina Ferreira

O da conferência foi o 1º dia. O dia seguinte foi o último dia. Ainda sem grandes esperanças e meia cabisbaixa pela falta de resposta do nosso confidente Taylor, decidimos (depois de me levantar de novo pelas 6h e verificar que ninguém da equipa dos Dummies tinha morrido) que mais valia tentar ligar. Tentámos umas 10 vezes talvez. E, do meu lado, a esperança foi ficando cada vez mais pequena.

Seja como for, decidimos ir lá comer outra vez pizza pelas 11h00 e tal. Nem sabíamos bem o que fazer. Ficámos perto do Xbox Plaza após dar uma volta e eis que me tocam nas costas e lá estão os gémeos Joshua e Justin, basicamente a levarem-nos dali para fora para fazer qualquer coisa. Fomos até à zona da Ubisoft saber se dava para entrar, fomos com eles a um bar/restaurante onde eles comeram e nós apenas bebemos. Conhecemos também o Ivan e Ana, um casal muito fã da Xbox também. Assim como a Courtney, uma Xbox Ambassador relativamente conhecida. Aí estivemos um bocado e inclusive cantámos os parabéns à Ana, que fazia anos. A parte gira foi que combinamos cantar em português, com outro a cantar em espanhol e os restantes em inglês. Disseram que a nossa versão parecia muito complexa. lol Foi engraçado. Conhecemos-nos, partilhámos opiniões e diferenças culturais, falámos do nosso país, enfim, fãs de diferentes países e zonas do mundo numa harmonia incrível que me fez sentir em casa. Adorei-os a todos.

Ora… Justin, Cat, Tiago, Ana, Ivan e Joshua! Acho que não me enganei…

Depois, lá fomos para o Xbox Plaza onde já havia alguns fãs a formar fila para o Xbox FanFest. Mais algumas caras que conhecia do Twitter. Um deles é conhecido entre os fãs por dizer que é filho do Phil. E ainda agora vi no Twitter que trata o Rod Fergusson por tio. Oh God… (Obviamente que não é, gente, já agora…) Falámos com eles sobre o projecto dos Dummies, em como estamos a lutar para ter o apoio da Xbox de volta em Portugal. Eles ficaram chocados a saber de algumas coisas, inclusive aquele famoso stand da Xbox numa Media Markt com uma Playstation 4 no meio…

Todos nos pareceiam apoiar e, segundo a graxa que dão no Twitter (ehehehe), consideram-nos fãs a sério. Portanto nem sei o que pensariam de muitos de vocês, que são ainda mais ferrenhos que eu!

O filho do Phil tirou-nos esta foto!!!! looooooooooooool

Foi um bom pedaço de converseta enquanto estavam alguns na fila e nós a falar. E, entretanto, continuávamos a tentar contactar o Taylor… Algures pelo meio vimos o Rod Fergusson a passar, fomos correr, lá apresentar, dizer olá e pedir uma foto. Desta vez ficaram o Tiago e o Joshua na fotografia!

E os fãs, sempre malucos! Como foi agridoce vê-los!

Passado um bocado vimos o Mike Ybarra a chegar e lá fomos ter com ele. Cumprimentei-o, dizendo que era a Cat e que o meu “rapaz” era o Tiago e perguntei-lhe se conhecia os Xbox PT Dummies. Ele respondeu que sim e perguntou se éramos nós. Sempre sorridente, disse que lhe pediram para ver algumas vezes que acabou por ceder e chegou a ver-me (?) num stream qualquer. Vergonha alheia… lol

Disse que tínhamos uma coisa para ele (t-shirt), ficou surpreendido e pareceu gostar. Disse-lhe que tínhamos ainda uma para o Phil e Taylor, mas que como seria muito improvável estar com eles, o Phil pela disponibilidade, o Taylor porque continuávamos sem resposta, perguntei se poderia levar o saco. Ele responde que o Phil estaria lá por dentro, mas dissemos que não íamos estar no FanFest, que fomos convidados para a conferência. O Mike responde que ia ver se conseguia fazer algo por nós para entrarmos. Só a intenção demonstra o quanto a Xbox se preocupa com os fãs e com as pessoas que espalham o seu nome. Não queria ficar com demasiadas expectativas. Pedimos para tirar uma foto, ele aceitou, e lá foi ter com os fãs, com o saquinho na mão! Yay!

OBRIGADO, HellGuardian! <3

Esperámos um bocado, até que ele voltou e disse que havia 50% de hipóteses de entrar, pois nem todos os vencedores aparecem e podia não dar. Ao fim de uma hora e picos lá chegámos à conclusão que não íamos poder entrar. Fiquei triste. Acho que qualquer um ficaria. Já estava desanimada por não ir com aquela gente toda. Enquanto esperávamos por uma resposta, lembro-me de dizer ao Tiago “Se tivermos direito a alguma mochila ou tretas que ofereçam por lá, vamos dar primeiro a escolher uma a cada um que fez doação. E ao Hell, porra, tenho que arranjar uma treta qualquer, pedir o autógrafo do Mike e dar-lhe!” Mas pronto. Sou daquelas pessoas que transparece muito as emoções que sente, tanto que um belga com quem chegámos a falar disse que se notava muito como eu estava triste. Seja como for, vimos pessoal do Xbox Game Pass passar, o Tiago pediu brindes. Ficámos com duas fitas de pescoço e dois pins. Dado que o tal belga estava à espera do colega dele que estava no FanFest, também meio chateado e triste por estar cá fora, acabámos por lhe dar uma das fitas e um dos pins.

Apanhei o Mike com o saco das t-shirts que faltavam! Espero bem que as tenha entregue… -_- lol Olha, aquele de costas a falar com ele, de pulseira vermelha é o “filho” do Phil e “sobrinho” do Rod. AHAHAHAHAHA

Lá se passou uma hora ou quê. Sentei-me no chão cansada. Sei que ter contacto com a Bonnie, conseguir estar com o Aaron e Chris, conhecer o Mike e ficar sensibilizada com a intenção dele em levar-nos para o meio da festa, seria mais que suficiente para qualquer um estar doido de alegria. Sinto-me culpada por ter ficado ali no chão, cabisbaixa. Entretanto o Taylor enviou mensagem a dizer para nos encontrarmos no dia seguinte, mas íamos embora e portanto dissemos que só daria naquela noite!

Mais um momento de reflexão ali a descansar um pouco. Quando o Mike se ofereceu antes para ver se conseguia que entrássemos, literalmente disse-lhe “Não me leves a mal, mas se eu entrar eu nem quero saber dos jogos ou possibilidade de presentes. Só quero poder marcar presença e falar com o pessoal da Xbox…”.

Esta viagem foi puxada. Financeiramente, psicologicamente (a mim, muito), e emocionalmente também. Andei numa montanha russa de emoções. Havia vezes que acho que só me apetecia chorar. Era apenas cansaço. Não da viagem. Do trabalho. É cansaço de quase 2 anos no Xbox PT Dummies. É cansaço de 1 ano após termos conseguido contacto com a Xbox e fazermos esforços para trazer a Xbox a Portugal. Cansaço de não ter férias a sério há 2 anos. Não sei pelo que choraria mais, se me dissessem “Olha, Catarina, toma o FanFest, toma a Xbox Portugal” ou “Olha, Catarina, passa lá 2 semanas de férias no relax.” Acho que morria se me dissessem as duas coisas.

Foi um ano cheio de grandes conquistas e surpresas, desde que fomos ao Xbox FanFest ano passado, e também de muitos momentos de angústia, frustração e vontade de mandar tudo a uma certa parte. Mas não são assim, as lutas pelos grandes sonhos? O nosso futuro passou de grandes expectativas para incertezas. E atravessamos todas essas tempestades. Portanto, receber o convite para a conferência não foi aceite de ânimo leve. Pelo investimento pessoal, embora por todos nós, e pela pouca probabilidade de conseguirmos fazer seja o que for. Até que o Taylor soube que íamos e mostrou desejo de estar connosco. Só que, a 4 horas da meia-noite, ainda não tínhamos estado com ele e teríamos voo de manhã cedo. A esperança foi ficando cada vez mais pequena. O Tiago perguntou-me o que queria fazer, se esperar, se ir para o Hotel e respondi “Nem sei…” Só queria estar com o Taylor, ver o que mais podíamos fazer.

Depois o Tiago diz “O Taylor respondeu” e a luz acende-se uma vez mais. “Então?” perguntei. “Olha” diz-me, mostrando a mensagem. Ele lá nos deu atenção uma vez mais, perguntando se podíamos ter com ele à noite. Lá combinámos hora e local. Fomos ao Hotel trocar de roupa, comer e voltámos.

Tranquilos, cansados demais para estarmos sequer nervosos com o encontro.

Perto da hora marcada, vemos o Taylor super cansado a vir ter connosco. O Tiago estende a mão para cumprimentar e o Taylor simplesmente dá-lhe um abraço! E outro a mim! Perguntando como estávamos, etc. Perguntou depois se queríamos ir beber algo e lá fomos.

Dada as decepções que apanhei na minha vida noutros termos profissionais, para mim ainda é tudo incerto até ver as coisas acontecerem. Mas a conversa de cerca de 1 hora foi produtiva, descontraída, divertida e conclusiva.

Por motivos mais que óbvios, não aprofundo, mas falámos uma vez mais acerca do estado das coisas em Portugal, do que podíamos fazer, do que fazemos já, do que os fãs querem, do que precisamos. Falámos sobre jogos e outras coisas da vida. Falamos seriamente, também nos rimos (não chorámos, ok???). Falar pessoalmente nada tem a ver com falar por mail, daí a nossa urgência em querer estar com ele. No fundo, estávamos a conhecer-nos um pouco mais. Agradeceu o nosso trabalho e a nossa paixão, enquanto que nós agradecemos-lhe por valorizar isso. Fomos mais que directos ao assunto, sem pintar as coisas de uma forma que não são.

O que daqui teremos, é difícil dizer. Como disse, só acredito quando as coisas mudarem mesmo. Mas o apoio, esforço e valorização da parte deles é mais que notório. Não são palavras à toa. São acções. E quando falam com staff para nos meter num FanFest sem termos ganho nada (obviamente só se houvesse lugares livres), quando nos pedem contacto, quando nos perguntam o que fazemos ao certo, quando nos dizem que somos apaixonados (e mal sabem eles que somos uma amostra! Pois vocês todos são-no mais!), quando perdem 5 min das suas vidas pré-E3 super atarefadas para dizerem que querem estar connosco, quando alguém interrompe o seu trabalho/descanso às 22h00 da noite para estar connosco quando está, claramente, a morrer de cansaço… Tudo acaba por valer a pena.

De resto, só tenho pena que os portugueses não acreditem mais. Sei que não é por mal. E provavelmente no vosso lugar faria o mesmo. Aliás, até faço um bocado. Mas o valor que dão ao esforço dos Xbox PT Dummies para erguer a comunidade Xbox portuguesa e ter melhores apoios e investimento, é inegável. A Xbox ouve os fãs. E só pedimos a vossa ajuda para que todos sejamos ouvidos!

Este ano e o próximo ainda vão dar que falar. E quando a altura chegar, mal posso esperar para celebrar com todos vocês. 🙂

5/5 (5)

Vota neste artigo

Deixe uma resposta

Next Post

ID@Xbox – Semana 4 – 27 de Maio a 2 de Junho de 2019

Fazemos parte de uma lista de sortudos que recebem jogos do programa ID@Xbox desde o início do mês, para mostrar a incrível variedade de indies que se encontra por aí, introduzindo jogos que muitos nunca pensaram conhecer e falando um pouco deles. Mais uma semana repleta de Livestreams (que depois são […]