Comunicado dos Dummies – Sim, estamos em conversações com a Xbox

Catarina Ferreira

Olá Dummies!

Portanto, tenham lido ou não a publicação curta de há algumas horas, aqui estamos para tentar esclarecer um pouco o que temos feito até agora. Como alguns sabem, fomos um bocadinho duros aqui há uns dias ao chamar a atenção à comunidade pela falta de esforço em juntarem-se a nós e lutar por todos e pelo reconhecimento da Xbox que os jogadores tanto pedem. Afinal, já dissemos várias vezes que estamos em contacto com membros da equipa da Xbox para conseguir que haja uma Xbox Portugal a sério e mais apoios no nosso país.

Mas isso parece não fazer efeito. E chegámos à conclusão que talvez o problema é não terem provas, nada que vos leve a acreditar em nós. Provavelmente até pensam que o dizemos por dizer, para ganharmos seguidores e fama.

Primeiro de tudo, a nossa missão sempre foi melhorar a informação no país, melhorar as condições da Xbox e lutar pela comunidade. Se vocês não nos conhecem talvez pensem que somos apenas mais uma equipa à procura de fama, jogos grátis para analisar, e andar a encher o ego. Isto foi explicado desde o início, mas enfim, podiam achar que era fachada.

Não. Desde o dia em que o projecto começou a formar-se que dedicamos já imenso tempo das nossas vidas para isto. Muitos dias foram difíceis, muitos sacrifícios foram feitos e, numa tentativa de tentar fazer com que a comunidade perceba apenas alguns dos exemplos daquilo que foi feito para lutar pelos fãs da Xbox em Portugal, infelizmente, foi mal visto por uns membros, ou levado demasiado a leve por outros. Foi um desabafo pessoal? Sim. Na esperança de transmitir a mensagem de que uma pessoa tem puxado cabelos diariamente para lutar por um grupo de pessoas. Sem nunca, NUNCA, desvalorizar o trabalho feito pelas pessoas incríveis que tornaram o projecto uma realidade e o ajudaram a impulsionar-se. Xbox PT Dummies não seria ninguém sem as pessoas que o começaram. Portanto, é desmotivante e cansativo, quando tentamos puxar por vocês, ver pouca adesão. Chega a um ponto que apenas nos vamos abaixo. E houve muitos mais dias assim.

 

Mas também houve dias incríveis de conquistas. Algumas das quais vocês nem sequer sabem nem imaginam. E vamos tentar outra abordagem.

Na E3 conseguimos um contacto que veio a começar o que foram 6 meses de muita insistência e persistência. Decidimos não dizer nada porque pensámos que a loucura seria maior uma vez que conseguíssemos os nossos objectivos e pudéssemos surpreender-vos.

Acima de tudo, o nosso maior medo seria desiludir-vos. Mas com a falta de apoio da comunidade, pelo menos de acordo com o que esperávamos, começámos a ter medo de desiludir as pessoas da Xbox que estão a tentar ajudar-nos. O que seria se convencêssemos a equipa por detrás dos FanFests a realizar um evento para fãs de Portugal e haver pouca adesão? Ou convencer a Microsoft a investir em Portugal e não ver ninguém entusiasmado? Era a vergonha nacional.

Naturalmente, não podemos revelar demasiado. Por respeito às pessoas com quem falamos, por respeito à privacidade e detalhes demasiado específicos das conversas, e por respeito a vocês, para mais uma vez não vos deixar entusiasmados demais e acabar por desiludir. Mas têm que ver o suficiente para perceberem: ajudem-nos e teremos a Xbox em Portugal.

É agora, portugueses!

Com quem estamos a falar e sobre o quê?

Na E3 2018, em Junho, alguns membros da equipa tiveram a sorte estúpida de conseguir bilhetes para a E3 e Xbox FanFest por sorteio. A ideia principal era marcar presença e mostrar que Portugal está no mapa e tem fãs dedicados. Tivemos a oportunidade de conhecer algumas caras conhecidas como o Aaron Greenberg (Chefe de Marketing da Xbox), Chris Munson (Líder dos eventos Xbox FanFest) e até Brendan Greene (Director do PUBG). Na verdade, o contacto não veio de nenhum deles.

Em circunstâncias completamente fora do contexto da Xbox ou E3, eu e o Tiago esperávamos as nossas pizzas num restaurante. A dele atrasou-se, fui comendo e comecei a ver alguém da equipa da Xbox a falar com ele. Mal imaginei que, quando o Tiago chegasse, dissesse que conheceu um membro da Xbox, que trabalha de perto com o Aaron, e que quando ouviu falar sobre o que fazíamos ofereceu o seu contacto para falarmos sobre o nosso projecto e para ele ajudar. Graças ao Tiago, conseguimos contacto de alguém que trabalha na Xbox.

Ora, na volta, mandámos lá um testamento ao homem. A explicar o que fazíamos, a falar sobre a falta de apoios e a sublinhar que nunca ninguém esteve tão perto de conseguir algo assim em Portugal, e que esperávamos saber de que forma ele nos poderia ajudar.

Foram semanas de muita insistência. Aprendemos que este pessoal demora não por falta interesse em ajudar, mas porque têm mesmo uma carga de trabalho impressionante. Seja como for, mandámos mails e mails, sempre a pedir novidades. Garantiam que respondiam e demorava semanas até sabermos algo.

Uma pequena parte de um ficheiro que temos sobre as nossas metas. Como podem ver, demorou… E ainda está em curso!

Os contactos estão lá. E confiamos que tenhamos respostas mais concretas no início do próximo ano, dado que agora a época é complicada. A perspectiva para algo semelhante a um Xbox FanFest é mais positiva do que seria há alguns meses atrás. E com isto o apoio no nosso país então nem se fala.

Mas a Xbox não se vai mexer a sério enquanto vocês não demonstrarem essa vontade, esse desejo, essa chama em querer a Xbox de volta. A nós levam bastante a sério. Se fosse para não nos darem importância, não teriam oferecido o contacto, muito menos reencaminhado-nos para as pessoas certas. Se fosse para dizerem que não, já tinham dito. Mas nenhum sonho é conquistado sem mais nem menos. É preciso muito trabalho, paciência, dedicação e força de vontade.

Nós estamos a fazer a nossa parte. Estamos a crescer em Portugal para reunir a comunidade, e lá fora em nome, o que é preciso para trazer Xbox ao nosso país. O Aaron Greenberg segue-nos no Twitter e até no Mixer. O Chris Munson também sabe quem somos e o que queremos. Quanto mais não seja, podem comprovar por vocês mesmos. Os restantes com quem estamos a falar não são conhecidos, mas têm papéis importantes na equipa da Xbox, nos EUA e Europa. Por respeito a todas as palavras trocadas e às pessoas em questão, obviamente não vamos mostrar-vos grande coisa. Além de que poderia prejudicar tudo o que conseguimos até agora. Mas podem perfeitamente consultar uma informação pública: as nossas conexões no LinkedIn da parte da Microsoft (João Xabregas e Catarina Ferreira), por exemplo (seleccionem Visualizar Conexões e, para facilitar a pesquisa, escolha Microsoft em Empresas Actuais).

Como vêm, não temos ainda nada de concreto em relação ao apoio em Portugal. Apenas sabemos que o assunto está entregue e a ser discutido. De momento aguardamos respostas. E sem algo mais em concreto, não iremos partilhar seja o que for.

Quanto ao FanFest, é perceptível que nos levaram a sério.

 

Esperemos que isto seja suficiente para perceberem de uma vez por todas que não estamos a fazer bluff para ganhar números. Os nossos números só nos interessam para uma coisa: quantos mais nos seguem, mais sabem da nossa missão e mais se juntam à causa e ajudam!

Se isto não vos ajudar, já nem sabemos o que fazer… Compreendemos que as tecnologias de hoje nos façam questionar todo o tipo de informação que nos é dado. Tanta coisa falsa circula. Na verdade, quem dera a qualquer um de nós ser tão bom no Photoshop.

Mas caramba, qualquer um de vocês consegue ver as interacções públicas no Twitter que temos com o Chris e o Aaron e percebe! Não respondem assim simplesmente TANTAS VEZES a todos!

São pessoas que foram impecáveis connosco no FanFest e são impecáveis com os fãs.

 

Aproveitem. Portugal está na moda. Continua a ser um dos destinos de topo no turismo. Será o palco da Web Summit nos próximos 10 anos. Tem a Comic Con e a Lisboa Games Week há 4 anos. Os eventos gaming estão a crescer. As mentalidades estão a mudar.

Espalhem o caos. Digam a eles todos que querem isto. E acreditem. Será apenas uma questão de tempo.

Eles adoram a nossa forma de ser. Mandem imagens de comida (sério, adoram!), de cidades, de paisagens portuguesas. Mandem imagens dos vossos stands de jogatana. Mostrem o vosso amor pela Xbox e a vossa vontade em ter um evento tipo FanFest cá.

Não queremos que agradeçam a nós. Não procuramos que falem de nós a eles. Procuramos que lhes peçam a Xbox!!!

A melhor forma de o fazerem, embora não seja a opção mais popular entre os portugueses, é o Twitter. Maioria deles já nem usa o Facebook, o Instagram não é a melhor forma. O Twitter é simples de usar, directo e consegue-se sempre um ambiente casual, e muita mais projecção.

Vamos, pessoal?

BORA?

 

Phil Spencer (Chefe da Xbox) – Twitter
Aaron Greenberg (Chefe de Marketing) – Twitter, Instagram
Chris Munson (Líder dos Xbox FanFests) – Twitter, Instragram
Major Nelson – Facebook, Twitter, Instagram
Mike Ybarra – Twitter

5/5 (1)

Vota neste artigo

Deixe uma resposta

Next Post

Comunicado dos Dummies – Término da Parceria com a Xbox Portugal

Queridos Dummies! Hoje temos um comunicado menos positivo. Não para nós, nem para vocês, mas para a Xbox.   A Xbox Portugal enviou-nos ao final do dia um e-mail a declarar o final da parceria com os Xbox PT Dummies sem justificar o seu motivo, apenas afirmando que seria mais […]